Imprima a letra do jeito que quiser, este quadro não irá aparecer na impressão.


Voltar
Escolher fonte: Trebuchet MS Verdana Arial Times News Roman Courier New Comic Sans
Tamanho da fonte: A+ A-
Imprimir

Olho na Letra

Quarto mundo

Gilberto Gil


Eu bem que queria saber da magia contida no som tropical Escassa ambição e excessiva euforia mescladas na dose fatal Transporte da vida pra morte, da morte pro esquecimento total A lágrima de encontro ao riso já sem paraíso ou juízo final Quisera entender meu som tropical Saber decifrar meu som tropical Mistério de amor, meu som tropical Viver e morrer meu som tropical A carne verde da luxúria estendida ao sol Assada à brasa dessa vida debaixo do sol Curtida a pele percutida transmutada em som Cadência e decadência na batida do tantã Meu som tropical lembra imagens da aprendizagem da desilusão Paisagem da cana depois da colheita, da fome após a refeição O luxo transformado em lixo depois do capricho da satisfação A calma da alma penada, da ânsia ancorada na resignação Um Primeiro Mundo, depois um Segundo, um Segundo depois um Terceiro Investe-se, vestem-se os índios, invertem-se os vértices, mundo ligeiro E o meu poliedro vai se lapidando, arredondando-se por inteiro E o som tropical tributando o mistério profundo do ser verdadeiro Quisera entender meu som tropical Saber decifrar meu som tropical Mistério de amor, meu som tropical Viver e morrer meu som tropical Quisera entender meu som tropical Meu quarto mundo