Imprima a letra do jeito que quiser, este quadro não irá aparecer na impressão.


Voltar
Escolher fonte: Trebuchet MS Verdana Arial Times News Roman Courier New Comic Sans
Tamanho da fonte: A+ A-
Imprimir

Olho na Letra

Desculpas

Eclipse Oculto


Sonho despedaçado, sonho acordado Consciência de tudo Do que eu passei, eu sei que eu errei Não foi minha culpa Mesmo assim, minhas sinceras desculpas Pasmo, parado, de frente ao meu próprio retrato Não eu não posso parar e olhar pra trás e ver O que eu deixei perdido no meu próprio destino Você disse tente crescer, no seu jeito de ser Eu não sabia nada não Mas nada então é tão errado assim Não tinha regras pra seguir, me desculpe Eu não soube como agir Pasmo, parado, de frente ao meu próprio retrato Não eu não posso parar e olhar pra trás e ver O que eu deixei perdido no meu próprio destino As cartas que chegarão depois Serão história vividas no seu interior Como um "Canto para ti" "A voz do silêncio" para mim Pasmo, parado, de frente ao meu próprio retrato Não eu não posso parar e olhar pra trás e ver O que eu deixei perdido no meu próprio destino Não foi minha culpa Minhas sinceras desculpas Não tinha regras pra seguir Eu não soube como agir Não tinhas regras pra seguir NãO foi minha culpa Minhas sinceras desculpas